Publicidade

sexta-feira, fevereiro 13, 2015

Controlando a minha maluquez


As vezes parece que eu vou explodir quando me falta paciência. Não suporto ouvir barulhos, muito menos ficar respondendo perguntas de ninguém. A melhor coisa que eu faço quando estou assim é me isolar, ficar em meu quarto ouvindo musicas que me acalme, assistindo filmes e escrevendo o que me vem a mente. Isso me deixa melhor sem sombra de duvida.


As vezes não consigo conversar, não adianta insistir, porque tem gente que não intende nem que eu explique mil vezes, ainda mais quando se trata de um "suposto bipolar", mesmo que moderado como eu. Não sou diagnosticado bipolar, mas já me consultei com alguns especialistas no assunto, e alguns deles me disseram a mesma coisa, de que não se trata de bipolaridade, e sim de uma ciclotimia, que no caso é a mudança de humor repentina e não a bipolaridade, que parece que virou modinha as pessoas dizerem que é bipolar.


As vezes aquela vontade de sair correndo sem destino é tão forte que chego a pensar em me trancar pra não sair correndo. Mas como é vontade, não vou ficar me segurando por muito tempo, então se vocês verem um cara correndo que nem louco por ai, mesmo em dias de sol, de chuva, ou ate mesmo em dias de frio, não se espantem, porque é  apenas um ser humano tentando se libertar do cotidiano de vida e dos males da alma.

Como sempre, eu vou esperar a noite chegar, porque a noite me faz tão bem quando estou surtando. A noite, as paredes me ouvem, os moveis do meu quarto se interagem em minha utopia, a insônia me visita, e as vezes navego em meu travesseiro ate adormecer.

E assim o dia chega, e se faz luz novamente!

_Lyu Somah

0 comentários:

Postar um comentário