Publicidade

domingo, outubro 05, 2014

Estou de volta ao começo!

Sabe, parei pra pensar esses dias sobre meu blog, de quando eu o criei ate os dias de hoje. Não tinha percebido como eu estava usando esse meu espaço. Fiz meu blog para desabafar um pouco, expor minha opinião sobre determinados assuntos, guardar minhas pinturas, e não me preocupar em correr atrás de comentários.

Que merda que eu estava fazendo?
Frequentei diversos grupos em redes sociais só pra divulgar meu blog, fiquei nessa de trocar comentários e seguidores, nem acredito que entrei nessa. Qual é a graça de você manter um blog pessoal, se você ficar nessa de mendigar comentários, e coisas do tipo? Você mantém um blog por que gosta, ou por que gosta do ibope ?

Tenho que pedir perdão para você, blog. Não percebi que tinha desviado a direção, e escolhido um caminho diferente daquele que era o meu objetivo.

Voltarei a ser como antes, receberei com maior carinhos todos que comentarem minhas postagens e retribuirei, mas não participarei mais desses grupos, não me preocuparei se visitam ou não meu blog, isso não mais me importa.

Esse é meu espaço, não um negocio ou uma feira do rolo, e se alguém se identifica com algo que posto aqui, será super bem-vindo, e tratarei com o maior carinho e respeito. E continuarei visitando os blogs que gosto de passar a tarde lendo!

Estou de volta ao começo!

5 comentários:

  1. Nossa, você entende... Teve uma época que eu fica trocando seguidores e comentários também e vivia me preocupando com esses tipo de coisa sem importância. Mas um dia minha prof disse uma coisa que eu sempre vou guardar comigo; "O Blog é seu, faça o blog para você e não para as pessoas"... Tipo, ela tinha toda a razão e fiz um novo blog e melhor, porque pela primeira vez, fix do meu jeito sem se importar. E fiz a mesma coisa que você! Eu levo esse conselho para outras áreas da minha vida, porque serve! :D
    Passei só para relatar isso, e dizer que eu curto muito seu Blog!
    Bjs até

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, que bom que não sou o único que pensa assim!
      É bom quando fazemos as coisas para nos agradar, e não aos outros. Pra você ter noção da diferença que me fez, antes eu não tinha inspiração alguma pra escrever aqui em meu blog, ficava horas, dias, meses, sem escrever, procurava algo que me inspirasse, para que depois pudesse compartilhar nesses grupos e trocar posts e comentários.

      Tentava deixar ate o visual agradável para outras pessoas, e acabava deixando de notar se estava agradável aos meus olhos. Agora olhando pra ele, me identifico melhor, e escrevo com mais facilidade.

      Gabrielle, sempre que passar por aqui, pode deixar o link do seu blog junto ao seu comentários, se bem que agora o seu blog irá fazer parte dos meus favoritos!

      Um bjão pra vocês e obrigado pela visita!

      Excluir
  2. Pois é Lyu, eu vejo tudo muito banalizado, redes sociais se tornaram sentimentos aprisionados e instantâneos, no blog vc tem que ter outra dedicação,parar para ler e refletir, se tornou trabalhoso clicar num link e ver que mesmo que interessante, tem muito pra se ler, enquanto nas redes sociais as coisas circulam com mais rapidez, a rotatividade e a falta de paciência e dedicação para com um assunto é mais interessante para atrofiar pensamentos... A mente portanto se torna preguiçosa!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente isso, Karina!
      Depois que deixei de lado certas redes sociais, meus pensamentos fluem muito mais que antes. O que estava me bloqueando, me impedindo de escrever, de me expressar, era essas redes sociais.

      Como é bom escrever, e ler um bom livro, sentir o cheiro das folhas...
      Adoro!....

      Um bjão, Karina!

      Excluir
  3. Concordo quando você fala sobre o desespero para lerem blog, e troca de seguidores também não faz sentido algum. Mas em questão de divulgar, acho bom, do que adiantaria Julio Verne ter escrito todos aqueles livros legais e ter queimado? Tantas pessoas não aproveitariam o prazer de ter lido! Se acredita no seu trabalho, não se sinta um "spam" em divulgá-lo. Tem muita gente assim que nem eu que vive atrás de escritores legais, e é uma alegria quando encontramos.

    ResponderExcluir